De onde vem o dinheiro da FIFA

19/06/2014 18:06

De acordo com a entidade responsável pela Copa do Mundo, o 1,4 bilhão de dólares de reservas vem da venda de direitos de transmissão e de patrocínio

Size_80_julia-carvalho, de
Jean Catuffe/Getty Images

Joseph Blatter assiste à abertura da Copa do Mundo na Arena Corinthians em 2014

Joseph Blatter: ninguém sabe quanto ele ganha no comando da FIFA

 

São Paulo - A Copa do Mundo no Brasil tem sido, talvez, a  edição que mais sofreu críticas, seja por parte da população do país sede, que não se conforma com os gastos do governo, seja por parte da imprensa, que reporta acusações de corrupção da FIFA e sua ânsia em lucrar demais.

Os números realmente espantam. A entidade responsável pelo Mundial de futebol vai gerar, até o fim do campeonato, 4 bilhões de dólares para a organização, 66% a mais que na Copa da África do Sul, em 2010.

Só em 2013, foram 1,4 bilhão de dólares em receitas, que resultaram em um lucro de 72 milhões de dólares.

De acordo com ela própria, o dinheiro vem, principalmente, da venda dos direitos de transmissão para televisão (60% dos ganhos) e dos contratos com patrocinadores (40%).

Mas os gastos operacionais, diz a Federação, também são grandes.

No ano passado, foram 1,3 bilhão de dólares em custos. Setenta e dois por cento desse valor foi direcionado exclusivamente para o futebol, em projetos de incentivo, organização de competições e o que eles gostam de chamar de "governança do futebol", o que significa a realização de congressos e os custos com advogados.

CLIQUE AQUI E TESTE SUA PLATAFORMA DE NEGOCIAÇÃO GRÁTIS.

No caso da Copa do Mundo no Brasil, os custos operacionais chegaram a 2 bilhões de dólares e a organização jura que pagou tudo do próprio bolso, não do governo brasileiro.

Reservas

Um dos pontos mais polêmicos das contas apresentadas pela FIFA é o de suas enormes reservas: 1,4 bilhão de dólares. O tamanho do cofre impressiona por a Federação ser, na teoria, uma organização sem fins lucrativos. 

"Ter reservas suficientes é de grande importância para assegurar a independência financeira da FIFA e sua habilidade de reagir a eventos inesperados", justificou a entidade em sua divulgação de resultados de 2013.

Ela diz que não é possível fazer um seguro para um evento de tal magnitude e, por isso, eles precisam ter dinheiro para cobrir todos os custos caso, por alguma fatalidade, ele venha a não acontecer.

Mas não dizem, por exemplo, quanto dos 75,9 milhões de dólares gastos em salários vão para os executivos e nem como os 36,6 milhões de dólares de bônus para os chefes são distribuídos. Críticos também dizem que os meios de fiscalização são fracos e que não há como verificar se os números apresentados são reais.

2018

O orçamento para o período de 2015 a 2018 será de 4,9 bilhões de dólares, sendo que 2,15 bilhões serão gastos só com a organização da Copa do Mundo na Rússia, daqui a quatro anos. A receita, a FIFA estima, será de 5 bilhões, o que adicionará mais 100 milhões aos cofres da entidade.

Últimas Notícias

Natura confirma negociação para compra da Avon via troca de ações

22/05/2019 17:13
Empresa ponderou que não há como garantir que vai concluir de fato a transação Avon: Natura confirmou a informações de que está negociando a compra da rival norte-americana (Brendan McDermid/Reuters) São Paulo – A Natura confirmou nesta quarta-feira informações da imprensa de que...

Bolsa sobe com negociação EUA-China e reforma da Previdência

09/01/2019 11:41
Às 10:04, o Ibovespa subia 0,13 por cento, a 92.148,68 pontos Por Reuters Bovespa: bolsa sobe (Paulo Whitaker/Reuters) São Paulo – A bolsa paulista começava a quarta-feira com o Ibovespa em alta, alinhada ao tom positivo no exterior, em meio a expectativas de que Estados...

J&F discute repactuar leniência e pode confessar insider trading

22/01/2018 18:51
J&F discute repactuar leniência e pode confessar insider trading Leniência do grupo, fechada no final de maio do ano passado, prevê o pagamento de uma multa recorde no valor de 10,3 bilhões de reais durante 25 anos. J&F: acordo de leniência ficou em xeque após os irmãos...

Caixa mais que dobra lucro no 3º tri, para R$ 2,17 bi, diz BC

30/11/2017 16:31
Caixa mais que dobra lucro no 3º tri, para R$ 2,17 bi, diz BC As despesas da Caixa com pessoal somaram R$ 5,59 bi entre julho e setembro, número praticamente em linha com o mesmo período do ano passado Por Aluisio Alves, da Reuters Caixa: a soma das receitas com tarifas e...

Excesso de liquidez pressiona grandes bancos brasileiros

30/11/2017 15:57
Os maiores bancos do Brasil têm tantos ativos de alta liquidez que estão tentando se livrar deles. Por Cristiane Lucchesi e Felipe Marques, da Bloomberg Pessoas passam por agência do Banco do Brasil, no Rio de Janeiro (Pilar Olivares/Reuters) Os maiores Bancos do...

Dívida de irmãos Batista dispara com negócio familiar

05/07/2017 18:26
Dívida de irmãos Batista dispara com negócio familiar Os irmãos que estão no epicentro do mais recente escândalo de corrupção do Brasil compraram as participações de suas três irmãs na J&F Investimentos Por Gerson Freitas Jr., Cristiane Lucchesi e Felipe Marques, da...

Gávea Investimentos negocia venda de fatia na Azul, dizem fontes

08/12/2016 10:57
Segundo fontes, a Gávea quer vender sua participação na Azul e os atuais acionistas devem comprar a fatia Por Fabiola Moura e Jessica Brice, da Bloomberg     Azul: participação da Gávea na empresa foi avaliada em R$ 212,5 milhões (Getty Images) A gestora de ativos brasileira Gávea...

Gol tem queda de 6,7% na oferta doméstica.

12/08/2016 10:57
  São Paulo - A Gol registrou queda de 6,7% na oferta doméstica em julho em comparação com o mesmo mês de 2015. A companhia justificou em comunicado que o dado "seguiu a tendência de adequação". Houve retração também no acumulado do ano até julho, de 6,4% comparativamente a...

Kroton aumenta oferta pela Estácio e se aproxima de fusão

02/07/2016 16:18
Ricardo Moraes/Reuters Estácio: se concretizado, o negócio com a Kroton é avaliado em R$ 5,5 bilhões Cátia Luz, do Estadão Conteúdo Fernanda Guimarães, do Estadão Conteúdo Gabriela Melo e Márcio Rodrigues, do Estadão Conteúdo São Paulo - Líder do ensino superior privado do...

Caixa precisará de injeção de até R$ 25 bi, dizem fontes

06/06/2016 23:40
Andrevruas/Wikimedia Commons Agência da Caixa: banco necessita de uma injeção de capital de até R$ 25 bilhões (US$ 7 bilhões), ou cerca de 2 por cento da arrecadação federal em 2015, segundo um analista Cristiane Lucchesi e Francisco Marcelino, da Bloomberg Em seu primeiro mês...
1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>